7 de fevereiro de 2010

duas

de repente, poder penetrar seu corpo
até não saber se sou eu
ou se sou você.

que estranho amor
ser invadida mas
invadir.