23 de novembro de 2010

o silêncio silêncio silêncio

"Parece que há uma saída exatamente aqui onde eu pensava que todos os caminhos terminavam. Uma saída de vida. Em pequenos passos, apesar da batucada. Parece querer deixar rastros. Oh yea parece deixar. Agora que você chegou não preciso mais me roubar. E como farei com os versos que escrevi?"

(Ana C.)

9 de novembro de 2010

sobre cuidados

calo meu cuidado pelos gestos. aprendi a ser assim. falar apenas sobre o necessário. antes de uma freada brusca, por minha mão direita no seu peito, mesmo quando está com cinto. é o meu proteger-te, meu amor. é a minha maneira.

5 de novembro de 2010