9 de junho de 2012

metallica


acordei no meio da noite. aquela insônia que só a tristeza traz.
andei pela casa, parei na janela da sala, fumei um cigarro escutando nosso metallica.
às vezes, habitar altura é devastador. como não ser escuro às 3 da madrugada? a lua, as luzes.
a lembrança insistente, depois de um dia pesado, foi o dia em que te esperei até essas malditas 3h da madrugada e você não veio. os sentimentos. eu dormi de cansaço.

2 comentários:

elise disse...

Me vi no texto, te juro, do cigarro ao cansaço. Dio mio, virei fá.

Karla disse...

Eu.